O que é o ACAP?

Em âmbito internacional, o BAAP vai ao encontro das ações propostas pelo Acordo Internacional para a Conservação de Albatrozes e Petréis(ACAP). O ACAP é um acordo Internacional multilateral visando a proteção das populações de albatrozes e petréis, propondo ações de conservação em escala global, Atualmente, o ACAP conta com 13 países signatários, entre eles o Btasil, e cobre 31 espécies de albatrozes e petréis em suas ações de conservação.

Durante a 10ª Reunião do Conselho Consultivo do ACAP em 2017, algumas das ações subsidiadas pelo plano de trabalho que irá guiar as atividades nos anos vindouros estão em sinergia com a existência de um banco de amostras biológicas nacional.

A. Manter um banco de dados que relacione a disponibilidade de amostras de cada região que sejam relevantes para estudos em genética de populações das espécies do ACAP

B. Desenvolver e atualizar um banco de dados de planos de biossegurança para as espécies do ACAP;

C. Desenvolver uma lista de pesquisadores e instituições de cada região que coletem amostras de aves da captura incidental;

D. Desenvolver protocolos para quantificar a ingestão de plásticos por albatrozes e petréis e para a coleta de amostras de tecidos de aves mortas;

E. Manter uma lista de autoridades, centros de pesquisa, pesquisadores e organizações não-governamentais relevantes ao ACAP.

Além dessas ações prpostas globalmente e ligadas a existência de um banco de nacional de amostras no Relatório de Implementação das ações propostas nesta última reunião.

Frente às diferentes oportunidades para obtenção de amostras biológicas de albatrozes e petréis com potencial para fornecer conhecimento científico e diante da necessidade de gestão desse material disperso em diferentes regiões do litoral do Brasil, a criação de um banco nacional de amostras biológicas de Procellariiformes mostrou-se fundamental.

Desta demanda nasce o Banco Nacional de Amostras Biológicas de Albatrozes e Petréis, sob gestão do CEMAVE/ICMBio em parceria com Projeto Albatroz e tendo como colaboradora a R3 Animal.

Servir como backup de amostras biológicas para as instituições parceiras, prevenindo que se chegue á perda total das alíquotas coletadas por algum dolo eventual,ou seja, servindo como cópia de segurança;

Promover o fácil acesso por qualquer pessoa interessada às informações sobre amostras biológicas existentes no BAAP, gerando um panorama do material disponível em território nacional para o uso em pesquisa com albatrozes e petréis.

Em suma, o BAAP pretende reunir as amsotras oriundas de diferentes fontes hoje, dispersas e torná-las de fácil acesso à instituições, coleções e pesquisadores interessados para que o conhecimento sobre Procellariiformes possa expandir-se e subsidiar potenciais ações de conservação

A parceria entre o BAAP e essas coleções na disponibilização on-line destas informações facilitará aos pesquisadores buscarem suas amostras alvo, assim desenvolvendo estudos com um número amostral maior e com melhores resultados.

Além da relevância do BAAP apoiando estudos em genética, saúde, poluição, prevalência de plásticos e outros assuntos considerados prioritários para atingir as metas estabelecidas pelo PLANACAP/ACAP, um banco de dados funcional serve de modelo para outros países sul-americanos que fazem parte do Acordo Internacional

A importância das amostras biológicas

No atual cenário global, diversas são as ameaças aos albatrozes e petréis.Além daquelas oriundas das atividades de pesca, há também mortalidade por patógenos, mudanças climáticas, entre outras. Para entender como esras ameaças afetam os albatrozes e petréis e encontrar soluções para estes problemas, é necessário que se desenvolva estudos a partir das amostras biológicas

Dessa maneira, a necessidade de amostras biológicas coletadas dentro de protocolos padrão é essencial para a obtenção de resultados concretos. é importante notar como somente uma carcaça pode gerar um volume importante de amostras para os mais diferentes estudos: as pernas podem servir para avaliação da dieta da ave e níveis de contaminantes;swabs para a avaliação de carga viral e bacteriana; sangue para análises de dieta, sorologia, genética, biotoxinas, alterações hormonais, contaminantes e conteúdo estomacal para identificação de presas e debris. Estas são meramente algumas das diversas aplicações de amostras biológicas a serem obtidas carcaças de Procellariiformes